Pular para o conteúdo

Através do Simulado DETRAN MG o candidato pode se preparar para a prova teórica. Com o teste o aluno tem a chance de estudar as questões do exame. O Simulado DETRAN MG possui todas as questões relacionadas à legislação do trânsito. Veja a seguir.

Na prova o candidato precisa acertar 21 questões e fazer 70% da prova para se classificar. Confira as outras informações.

Depois de tirar a primeira habilitação muitas pessoas desejam comprar um veículo, seja moto, carro, ou qualquer outro, mas é importante lembrar que para isso, é preciso arcar com diversos custos, entre eles está os impostos, como Seguro DPVAT, IPVA e Licenciamento.

Primeira habilitação

Para tirar a sua Carteira Nacional de Habilitação, os usuários precisam ser maiores de 18 anos, saber ler e escrever. Além disso, é necessário ter documento de identificação como RG e CPF.

No processo é preciso o cadastro no DETRAN, depois é feito um agendamento para coletar a biometria. A etapa seguinte é feito o exame médico e a avaliação psicológica.

➜ Veja como fazer a prova do → Simulado Detran PR

Depois o aluno precisa fazer a matrícula em uma Autoescola credenciada e fazer as aulas teóricas de 45 Horas. Após a conclusão é feita a prova teórica.

Por fim, o aluno depois de passar faz o curso prático e a prova de direção.

Como funciona o simulado

O simulado apresenta 30 questões teóricas e vai ter o conhecimento dos candidatos. Este exame de Habilitação de Condutores possui os seguintes conteúdos:

  • Legislação de trânsito;
  • Direção defensiva;
  • Primeiros socorros;
  • Mecânica;
  • Cidadania;
  • Meio ambiente.

Para se sair bem nesta etapa o aluno deve estudar e preparar por meio destes conteúdos. Através do simulado ele pode ter um conhecimento de como vai ser a prova teórica.

Depois que é concluído o aluno deve retornar à unidade com certificado emitido pela autoescola para que o aluno siga para as etapas seguintes.

Aprenda a fazer simulado DETRAN MG

O usuário pode fazer o Simulado DETRAN. Pelo portal o aluno pode responder as questões e ter uma ideia de como funciona a prova original.

O principal objetivo da prova simulada é ambientar o candidato para quando for prestar o exame. Inclusive como a prova real do simulado tem duração de 1 hora, e finaliza neste período.

Quando faltar 15 minutos para o final da prova vai ser exibido um relógio amarelo indicando o tempo restante, já com 5 minutos, o relógio ficará vermelho indicado que o tempo da prova está esgotando.

Depois que concluir a prova vai demonstrar quantas questões estavam certas, além da mensagem “aprovado” ou “reprovado”, além do gabarito das questões.

Caso o candidato ao finalizar a prova simulada, não ter respondido alguma questão, será possível retornar a prova para preenchê-la.

Veja abaixo como iniciar o seu teste:

  • O usuário deve entrar aqui na página do DETRAN de Minas Gerais;
  • Depois ele deve escolher qual prova simulada deseja fazer;
  • Ao marcar, ele deve clicar na caixa “Não sou um robô”;
  • Após basta apertar o botão “Continuar”.

Se você está lendo essa matéria é porque está interessado em saber mais informações sobre o IPVA 2019 SP. Esse imposto deve ser pago obrigatoriamente por alguns proprietários de veículos que residam em São Paulo. Conheça as informações sobre valor, calendário e como efetuar o pagamento do IPVA 2019 SP.

O órgão público responsável por receber o dinheiro arrecadado com a cobrança do IPVA é a Secretaria de Estado da Fazenda. Esse dinheiro é destinado a realizar diversas melhorias em vias públicas como asfalto, iluminação e sinalização. Existem alguns casos em que os proprietários de veículos não são obrigados a pagar por esse imposto. Saiba mais a seguir.

Quais Veículos São Isentos do IPVA?

A determinação da isenção de alguns veículos é feita pelo Governo de São Paulo. Veja, na lista abaixo, os casos isentos de pagamento:

  • Veículos pertencentes a entidades filantrópicas;
  • Veículos oficiais do Governo;
  • Veículos adaptados para os portadores de deficiência física;
  • Veículos que façam o transporte de pessoas mediante o pagamento de passagem (neste caso enquadram-se os táxis, por exemplo);
  • Veículos adquiridos em leilões realizados pelo poder público;
  • Veículos utilizados no transporte escolar;
  • Veículos que tenham sofrido perda total;

Veículos adquiridos em programas realizados pelo Governo como incentivo de renovação de frotas.

Valor e Pagamento do Imposto

Os proprietários de veículos que forem obrigados a realizar o pagamento do IPVA 2019 SP devem estar cientes que o valor do IPVA muda a cada ano.

O valor desse imposto é determinado com base no valor que o seu veículo possui na Tabela FIPE do ano vigente e as alíquotas do estado que pode variar de 1% a 6%.

As alíquotas de 2019 ainda não foram determinadas, mas você poderá conhecer as de 2018 a seguir:

  • Veículos de passeio: alíquotas de 3%;
  • Veículos de cargas: 2%;
  • Motocicletas: 2%;
  • Veículos de aluguel: 1%;
  • Veículos utilizados em terraplanagem: 0,5%.

O pagamento do seu IPVA poderá ser feito em cota única (à vista) ou em parcelas. Em 2018, pagamentos à vista receberam desconto de 10%.

Os locais que aceitam o pagamento desse imposto são:

  • Banco do Brasil
  • Bradesco
  • Itaú
  • Caixa Econômica
  • Casas Lotéricas

Como Emitir a Guia de Pagamento do IPVA SP?

A guia de pagamento do IPVA 2019 São Paulo será enviada para a casa de todos os cidadãos de São Paulo. Em alguns casos pode ocorrer perda ou extravio desse boleto. Se esse for o seu caso, não se preocupe, você poderá emitir esse boleto online seguindo os passos a seguir. Veja:

  • O primeiro passo para você consultar os seus débitos e emitir a sua guia de pagamento é acessar esse site;
  • Na tela que abrir, do lado direito, clique na opção “Emissão de Débitos do Veículo”;
  • Digite o número da placa do seu veículo e o número do RENAVAM;
  • Clique na opção que diz que você não é um robô;
  • Por último, clique em “Consultar”;
  • Veja os resultados.

Uma das grandes novidades e vantagens que o governo federal ofereceu nos últimos tempos foi a possibilidade de saque dos valores de contas inativas do FGTS, dentro de uma série de limitações e algumas questões relacionadas.

Com o objetivo de injetar mais dinheiro no mercado e fazer com que ele se recupere, o cronograma saque contas inativas FGTS é uma novidade extremamente bem vinda para muitos, especialmente aqueles com dívidas ou que deixaram de comprar e investir pela retração da economia.

Vamos falar mais sobre isto, além de dar dicas de como saber exatamente quanto você irá receber e o que fazer exatamente com este dinheiro.

Como saber os valores de saque contas inativas FGTS?

Os valores a serem recebidos relacionados às contas inativas do FGTS podem ser pesquisados antes da sua liberação, de forma simples e rápida, facilitando o planejamento e seu uso. Para isso, recomendamos este link especial da Caixa, que traz todas as informações relacionadas ao saque contas inativas FGTS.

Cronograma saque contas inativas FGTS

Sabendo como consultar, é importante saber também que apenas as contas inativas até pelo menos o fim de dezembro de 2015. Todas as outras contas não vão ser liberadas, criando ainda uma reserva de valores para os trabalhadores, mas o grande problema é que os rendimentos do FGTS são extremamente pequenos, o que faz com que os valores depositados tenham acréscimos muito pequenos.

Finalmente, outro detalhe importante é saber que, ao contrário do que foi anunciado inicialmente, o está com o valor liberado para qualquer tipo de uso e não usado apenas para o pagamento de dívidas.

Qual é o cronograma saque contas inativas FGTS?

Estes pagamentos serão feitos mensalmente, de acordo com o seu mês de nascimento, sendo que setembro, Outubro e novembro são feitos juntos e dezembro será feito em julho. Verifique as datas quando você poderá

sacar estes valores:

  • Março: nascidos em janeiro e fevereiro
  • Abril: nascidos em março, abril e maio.
  • Maio: nascidos em junho, julho e agosto.
  • Junho: nascidos em setembro, outubro e novembro.
  • Julho: nascidos em dezembro

Um detalhe adicional sobre o cronograma saque contas inativas FGTS é que todos os correntistas da Caixa receberão o benefício diretamente na conta, sem necessidade de ir até a agência para resolver esta questão.

Como investir adequadamente o valor do seu FGTS?

Sendo um valor relativamente alto, sem um retorno e ainda tido como surpresa por muitos, é importante fazer com que ele seja o melhor aproveitado possível.

O pagamento de dívidas e pendências é uma prioridade, mas a compra de artigos de longa duração como imóveis ou ainda a aplicação de fundos conservadores, mas com liquidez, são extremamente interessantes.